Você está em
NOTÍCIAS

Prefeito Zelírio se reúne com superintendente do DNIT para tratar sobre a BR 163

O prefeito de Santo Antonino do Sudoeste, Zelírio Peron Ferrari, que é coordenador do Comitê pela "Modernização da BR 163, basta de acidentes", em sua primeira agenda para tratar desta pauta, esteve na manhã desta segunda-feira(28), na Superintendência Regional do DNIT no estado do Paraná, em Curitiba, onde foi recebido pelo superintendente Jose da Silva Tiago. A intenção da audiência foi conferir se existe projeto para a modernização da rodovia. A reunião foi acompanhada pelo prefeito de Barracão, Marco Zandoná.

No encontro Tiago relatou que não existe projeto para a modenrização da rodovia e que haveria apenas um estudo de viabilidade, que ainda não foi concluido. "O superintendente nos informou que não existe projeto. Agora vamos trabalhar junto aos deputados, senadores e ao Governo Federal, para que, o mais breve possível, seja feito o projeto, pois não podemos admitir que o Sul do país continue sendo penalizado com a falta de investimentos, em especial em nossas rodovias, que são 100% responsáveis pelo escoamento da nossa produção", destacou Zelírio.

Ainda nesta semana o prefeito deverá entrar em contato com o DNIT Nacional para agendar uma audiência. “Vamos ir a Brasília para apresentar a nossa reivindicação, que não é só do Sudoeste do Paraná, mas dos três estados do Sul. Vamos unir forças para que possamos ser atendidos pelo Governo Federal”, ressaltou o prefeito.

MOVIMENTO

Na última quarta-feira, 23 de agosto, prefeitos, vereadores e lideranças políticas e empresariais do Sudoeste do Paraná e Oeste de Santa Catarina, se reuniram no Centro de Eventos Heitor Rodrigues, em Santo Antonio do Sudoeste, para tratar sobre a criação do movimento pela “Modernização da BR 163, basta de acidentes”.  Com 3467 km de extensão, a rodovia liga Tenente Portela, no Rio Grande do Sul, a Santarém, no Pará, sendo o principal corredor de escoamento da produção do país, mas a falta de investimentos e atual infraestrutura desta rodovia têm contribuído para o alto número de acidentes, uma média anual de aproximadamente 460 ocorrências, resultando em cerca de 30 mortes todos os anos.

Saiba mais sobre a prefeitura no www.facebook.com/prefeiturasantoantoniodosudoeste

ASCOM